Enfim os grandes lançamentos de 2018 chegaram! E é claro que não poderíamos começar esse ano maravilhoso para o cinema, sem um filme que está em um hype tão grande quanto o Pantera Negra. Confira o que achamos do filme logo abaixo:

Pantera Negra segue a formula de outros filmes da Marvel, o seu desenvolvimento é uma das melhores coisas no filme, onde a história é contada de uma forma simples, mas sem tantos detalhes. Além disso a trama consegue muito bem dividir o espaço com as cenas de lutas, fazendo assim o filme não ficar desinteressante.

Como já é de se esperar de filmes da Marvel, os efeitos especiais são muito bem trabalhados e estão presentes em quase todo o filme. O mais impressionante é a extrema qualidade desde o uniforme do protagonista até as complicadas cenas de batalhas, todas elas receberam um tratamento especial, principalmente quando estamos falando de Wakanda, uma cidade altamente avançada e com acesso à tecnologia. Além dos efeitos especiais temos a fotografia que é muito bonita, junto com ela temos o 3D e o IMAX que fazem com que a experiência de assistir Pantera Negra seja muito boa.

A trilha sonora é uma das coisas mais diferentes no filme, como se trata de um herói negro, temos algumas influencias do mundo afro, como o o rap, hip hop e junto a isso temos algumas músicas instrumentais de tribos africanas. Na minha opinião é a melhor trilha de filmes de super-herói.

Outro fator que já sabemos como funciona em filmes do universo de super-heróis é o roteiro, sua história. Que no final das contas não é tudo isso. Vemos T’challa tendo que assumir o trono de seu pais ,que até então era quase que desconhecido pela humanidade em geral, Wakanda, quando no meio do caminho se depara com alguns problemas. Percebe? Essa é basicamente como todas as histórias de heróis nos filmes da Marvel, mas lógico que temos uma grande diferença, a história tem mais um teor politico e racial do que outros da mesma família de super-heróis, vemos um vilão (que é interpretado pelo Michael B. Jordan) sedento por vingança contra os colonizadores (os povos brancos), e diversas vezes faz discursos de arrepiar qualquer um, sobre a total desigualdade racial até nos dias hoje, assim fazendo com que Pantera Negra carregue um peso de não só mais um filme de heróis, mas como o primeiro filme de um herói negro e um filme mais “politico” do que os outros. Mas obvio que as cenas de ação não são tiradas do filme, na verdade temos muito mais porradaria no longa do que qualquer outra coisa. Mas ao mesmo tempo a história é bem simples e no real não tem um roteiro complexo ou inteligente. Outra coisa importante de dizer é que assim como Thor: Ragnarok, Pantera Negra não contém nenhuma ligação explicita com outros heróis da empresa e muito menos com Vingadores: Guerra Infinita. Então não vá ao cinema esperando ver outro herói ou alguma ligação com o universo Marvel, assim você irá se decepcionar.

Vale lembrar que como todo filme do universo cinematográfico da Marvel, temos duas cenas pós créditos que não mostram nada demais do filme ou sobre uma continuação. Só sambemos que com o sucesso iminente de Pantera Negra a Marvel irá correr para trabalhar em uma sequencia para o longa.

A atuação em geral é muito boa, sem ninguém roubando a cena nem nada do tipo, todos se destacam em seus principais momentos, única coisa que eu senti foi que o Chadwick Boseman que interpreta o herói está muito mais familiarizado com o personagem do que em sua primeira aparição, em Capitão América: Guerra Civil.

Confira abaixo o trailer legendando:

T’Challa que, após a morte de seu pai, o Rei de Wakanda, volta pra casa para a isolada e tecnologicamente avançada nação africana para a sucessão ao trono e para ocupar o seu lugar de direito como rei. Mas com o reaparecimento de um velho e poderoso inimigo, o valor de T’Challa como rei – e como Pantera Negra – é testado quando ele é levado a um conflito formidável que coloca o destino de Wakanda, e do mundo todo, em risco. Confrontado pela traição e o perigo, o jovem rei precisar reunir seus aliados e liberar todo o poder do Pantera Negra para derrotar seus inimigos e assegurar a segurança de seu povo e de seu modo de viver.

 

Pantera Negra chega aos cinemas brasileiros em 15 de fevereiro.