O mês de novembro foi palco para alguns dos maiores lançamentos de 2018 para o mundo dos jogos. Dessa vez temos uma volta um tanto quanto boa de uma franquia que já é velha conhecida para os amantes de jogos de tiro. Estamos falando de Battlefield V. Confira o que achamos do game.

Battlefield V é a volta da saga, mas não consegue bater seus antecessores de número.

A jogabilidade é como nós já estamos acostumados de outros FPS. A única diferença é para os que jogam outros tipos de FPS com temas atuais ou futurista pode demorar para se ambientar direito no BF5, já que estamos falando de um jogo que se passa durante a segunda guerra mundial (1939-1945). Então temos armas mais antigas, mais lentas, assim como os veículos que são mais “travados” e difíceis de dirigir.

A saga Battlefield sempre foi conhecida pelos seus belíssimos gráficos muitas vezes a frente do seu tempo. E dessa vez não é diferente, temos um dos jogos graficamente mais bonitos da atual geração, com cenários altamente destrutivos. O mais legal é que Battlefield V é um dos únicos jogos atualmente que possuiu a tecnologia RTX que está disponível apenas para as novas placas de vídeo da NVIDIA. Como se trata de uma tecnologia nova é claro que ainda precisa ser muito melhorada, mas já temos uma ideia de como será os jogos nessa próxima geração com o ray tracing presente.

A trilha sonora é ótima principalmente na campanha onde é mais presente. No multiplayer temos uma ótima sonorização das armas, bombas e até dos prédios e construções sendo destruídos. Caso queira confira a trilha sonora logo abaixo:

O multiplayer é um caso meio complicado, depois de uma gigante e crescente onda de jogos futuristas, a DICE junto com a EA está indo para o caminho inverso, cada vez voltando para momentos mais antigos. Já tivemos o Battlefield 1 que foi ambientando na primeira guerra e que não deixou os fãs felizes por ser “muito antigo”. Agora com o BFV temos uma tecnologia melhorada em questão de armamentos, mas nada que se compare a jogos futuristas de hoje em dia. Os mapas são enormes, alguns sendo maiores que de outros jogos da franquia. Mas o problema é que muitas vezes as partidas estão com falta de players, que acaba fazendo com que determinados modos de jogos fiquem chatos e cansativos, já que foram pensando para aquele número determinando de jogadores (32 ou 64). Sem contar no alto ping, muitas vezes eu cai em salas onde a maioria dos jogadores eram dos Estados Unidos fazendo assim com que seja HORRÍVEL de se jogar já que meu ping estava nas alturas. Fora esses problemas de falta de pessoas nos servers e principalmente servers dedicados ao público brasileiro o jogo se manteve no mesmo que já conhecemos dos outros jogos da saga.

Como já é de costume da EA Battlefield V veio totalmente localizado para o português brasileiro, tanto em legendas, menus e dublagem. Falando da dublagem em si ela está muito boa, mas ainda se caso queira entrar mesmo no clima da guerra é preferível que mantenha o áudio original (que não conta apenas com a língua inglesa)

Confira o trailer logo abaixo:

Battlefield V já está disponível para Playstation 4, Xbox One e PC

O jogo foi cedido pela EA para ser feito a análise. Foi testado em um PC.

 

[Análise]- Battlefield V
3.8Muito Bom
Roteiro
Gráfico
Trilha sonora
Enredo