A Fox nós surpreendemos quando anunciou que faria uma versão “natalina” de Deadpool 2 e ela esta perto de chegar aos cinemas. Confira o que achamos do filme.

Era Uma um Vez Deadpool é basicamente o mesmo filme que vimos no começo do ano, que ganhou o coração de muitas pessoas com suas piadas de humor negro e sua altíssima presença de violência em quase todas as cenas, só que sem uma grande parte de violência e sem palavrões, basicamente um filme do Deadpool para crianças e adolescentes, com classificação indicativa de 13 anos (Estados Unidos).

A pergunta principal é, como que a Fox conseguiu fazer com que um filme 18 anos virar um filme para crianças¿ A resposta é simples, foram censurados (de forma até que engraçada) os palavrões e retirados a maioria das cenas de violência extrema da tela, quando assisti senti que o filme estava bem mais rápido, mas temos a mesma duração no filme original e nesse. Isso se das graças as cenas extras que gravaram especialmente para essa versão.

Falando das grandes diferenças dessa versão para o filme original, que são as cenas. Elas são muito divertidas, contam com piadas de humor negro, mas os palavrões e termos mais pesados são censurados pelo próprio Deadpool, fora isso temos uma cena pós crédito diferente.

O legal desse filme é que vemos o Deadpool contando a história do seu segundo filme, como se fosse um conto de fadas para uma criança na hora de dormir. O problema é que o filme não tem nada a ver com natal, nenhuma característica natalina (nem o gorro na cabeça do mercenário aparece), ficando parecendo apenas uma reedição do já conhecido filme sem muitas coisas de novo.

O filme vale a pena para quem nunca viu, pois vai conseguir se divertir (mesmo sendo mais leve do que o primeiro) e para aqueles que já tiveram uma boa impressão de Deadpool 2 e querem voltar e assistir de novo o filme.

Confira o trailer logo abaixo:

Era Uma Vez Um Deadpool chega aos cinemas dia 27 de dezembro.