Depois do grande sucesso da série SoulsBorn nessa geração e na passada de consoles a From Software decidiu sair um pouco de jogos já consolidados no mercado e decidiu investir em uma nova IP. Eis que somos apresentamos a Sekiro: Shadow Die Twice. Veja o que nós achamos do jogo:

Sekiro Shadow Die Twice é um dos jogos mais difíceis dos últimos tempos.

Em Sekiro temos uma jogabilidade que é bem parecida com seu irmão mais velho, o Dark Souls, onde temos elementos de hack and slash e RPG. Mas diferente da série SoulsBorn, em Sekiro: Shadow Die Twice nós temos uma gameplay rápida, onde precisamos ser ágeis e velozes em diversos momentos, então a sensação é que o jogo é mais fácil, mas não se engane, Sekiro tem uma dificuldade muito alta assim como os outros jogos da From Software. O que mais chama atenção na jogabilidade é o braço Shunin, onde podemos usar de gancho para pular de construção para construção ou até atacar inimigos e emendar grandes combos. Outra coisa que Sekiro traz de novo é a ressurreição, claro, já tínhamos isso em outros jogos, mas em Sekiro as coisas são um pouco diferentes. A morte no jogo é frustrante, mas você pode renascer onde exatamente você morreu e isso pode (e deve) se transformar em uma estratégia para derrotar seus inimigos.

Sempre me surpreendi positivamente com a From Software em questão de gráficos, desde de Demon Souls os gráficos são onde a desenvolvedora coloca um dos maiores esforços durante a produção. E no mais novo lançamento dela não é diferente, temos além de belos gráficos em todas as plataformas também temos um ambiente e uma ambientação maravilhosa, diferente de outros jogos que retratam o Japão Feudal, Sekiro consegue misturar o real com o fictício, criando ambientes belos.

A trilha sonora é linda, com musicas instrumentais que tiram o folego em momentos de batalhas (principalmente com os chefes). Confira a trilha sonora logo abaixo:

A história de Sekiro é excelente, temos um ótimo background e uma ótima ambientação, o Japão Feudal. Mas não se engane pensando que é apenas um jogo de ficção, muitos personagens e acontecimentos da história acontecerem na vida real (claro que no jogo há um pouco de ficção). E esse fato com que a história do jogo seja bem mais legal. No jogo acompanhamos um shinobi (um ninja) que tem jurou proteger o seu senhor, e após o mesmo ser sequestrado, Sekiro é obrigado a resgatar seu mestre, e é aí que o jogo começa. Durante a nossa história enfrentamos diversos inimigos, alguns deles humanos e outros não, mas todos com seu estilo de luta próprio e sua dificuldade própria. Claro, temos inimigos que são mais fáceis de derrotar, mas isso se dá porque o nosso personagem fica mais forte ao longo da nossa jogatina. A história não é tão longa (dura mais o menos umas 20 horas) mas não estamos contando o maior fator dentro do jogo, a dificuldade. Então se prepare para dobrar esse tempo (ou chegar perto disse).

Sekiro: Shadow Die Twice veio para o Brasil quase totalmente localizado, com legendas e menus em português brasileiro, mas não temos dublagem em nosso idioma, apenas em inglês e em japonês (que aliás são de altíssima qualidade).

Confira o trailer logo abaixo:

 

Sekiro: Shadow Die Twice já está disponível para Playstation 4, Xbox One e PC.

Recebemos o jogo da distribuidora para análise. Jogamos em um PC

Análise- Sekiro: Shadow Die Twice
4.4Muito Bom
Jogabilidade
Gráficos
Trilha Sonora
Ambientação
Roteiro
Enredo
Votação do leitor 0 Votos