Quando se fala de adaptações de games para as telonas do cinema em muitas cabeças deve vir a horrível imagem do filme do Mário ou até mesmo do Mortal Kombat. Mas agora com o lançamento de Detetive Pikachu parece que Hollywood começou a aprender como fazer uma boa adaptação para o cinema. Confira o que achamos do filme logo abaixo:

Detetive Pikachu ainda não é um filme que os fãs de Pokemon esperam ver no cinema, mas já é um ótimo começo. O filme é bem dinâmico, na verdade ele já começa com cena de ação e aos poucos vai diminuindo, mas sem perder o ritmo. Confesso que em alguns momentos o filme fica chato e cansativo, mas são tão poucos momentos e tão rápidos que consegue passar despercebido.

Acho que a coisa mais importante dentro desse filme são os efeitos especiais, porque não tem como fazer um filme de Pokemon sem usar eles. Os efeitos são muito bonitos, achei que os Pokemons ficaram uma mescla de real com o vídeo game (lembrando muito os novos jogos da franquia). Não ficou aquela coisa tosca que você consegue perceber o trabalho mal feito, pelo contrário, tudo ficou muito bom, desde a pele até a captura de movimentos do rosto foi muito bem adaptado para o corpo das criaturinhas.

A trilha sonora é bem legal, com diversas músicas novas, mas com algumas musicas do repertório antigo dos jogos. Confira abaixo a trilha completa:

Já a história foi algo que eu percebi que os produtores deixaram quase totalmente de lado, o background dela é muito boa e abre premissa para várias coisas durante o filme, mas quase todas elas são muito mal utilizadas, um exemplo disso são as batalhas entre treinadores Pokémons que são uma marca registrada dos jogos e mal aparecem no filme.

Sem contar que o vilão, é muito mal desenvolvido e nada é explicada sobre sua criação ou passado, ele é simplesmente apresentado a nós no meio do filme e as pessoas que nunca jogaram ou tiveram qualquer contato com o anime da série vão acabar se perdendo na história. Um ponto positivo para o filme é o seu humor, como se trata de um filme voltado mais para o publico infantil ele é bem-humorado e cheio de piadinhas, o Detetive Pikachu realmente consegue roubar a cena de todo o filme sendo ao mesmo tempo fofo e engraçado. Outro fator que achei meio ruim é o fato que os roteiristas fecham o filme sem deixar nenhuma (ou quase nenhuma) ponta solta para uma continuação, dando a entender que Detetive Pikachu não faz parte de uma saga de filmes da Warner Bros com parceria da The Pokemon Company, e sim um filme solo, talvez um filme experimental para ver a aceitação do público.

As atuações em geral são boas, mas o Ryan Reynolds realmente consegue roubar a cena interpretando o pokemon mais amado do mundo.

Confira o trailer logo abaixo:

O desaparecimento do detetive Harry Goodman faz com que seu filho Tim (Justice Smith) parta à sua procura. Ao seu lado ele conta com Pikachu, o antigo parceiro Pokémon de seu pai, que perdeu a memória recentemente. Juntos, eles percorrem as ruas da metrópole de Ryme City, onde humanos e Pokémon vivem em harmonia… por enquanto.

 

Detetive Pikachu já está em exibição nos cinemas brasileiros.

Crítica: Detetive Pikachu - Com bom humor, filme traz nostalgia aos fãs
3.8Bom
Roteiro
Efeitos Especiais
Trilha Sonora
Atuação
Votação do leitor 0 Votos