[Análise]- Ni no Kuni II: Revenant Kingdom

[Análise]- Ni no Kuni II: Revenant Kingdom

0

Um dos mais aclamados rpgs japoneses já chegou um tempo e depois de um tempinho nós do Recanto do Dragão decidimos trazer a nossa opinião sobre o que achamos do jogo. Confira a análise de Ni no Kuni II: Revenant Kingdom.

Ni No Kuni 2 não é apenas um jogo e sim uma obra de arte completa (ou quase). Começamos pelo desenvolvimento do jogo que se dá de uma forma BEM lenta, como é conhecido em todos os JRPGS, aonde temos uma gigantesca leva de diálogos e depois breves momentos de gameplay seguidos geralmente de batalhas, e graças a isso a história é bem lenta e muitas vezes chatas, mas claro, para os que não estão acostumados com jogos do gênero.

A jogabilidade não tem segredo, dentro do jogo nós podemos mas sem estarmos em combate nós podemos andar, correr e pular, já nos combates ou no mapa aberto, podemos atacar nosso inimigos com armas a distância, armas de perto e magias (que curam o hp, mp, dão dano entre outras coisas) O mais legal é que a jogabilidade é bem fluida e rápida, mas se prepare pois vai ter que andar MUITO, já que o mapa é muito grande, mas fique tranquilo existem fast travels ao redor de todo o mapa, mas caso queira explorar todo o reino já é bom entrando em forma, pois a caminhada vai ser longa! Agora na parte do combate ele é bem simples no final das contas, os controles são fáceis de se aprender e controlar e a IA dos nossos companheiros são um grande atrativo no jogo, já que eles realmente servem para alguma coisa, diferente de muitos outros jogos que vemos hoje em dia, onde a inteligência artificial só serve para nós atrapalhar. Além disso temos a presença de um novo modo, onde nós podemos construir o nosso próprio reino, montar nosso exército e partir para a guerra e assim conquistar novos territórios para expandir o nosso tão querido reino. Tudo fica a critério do jogador escolher, como vai fazer e as escolhas que vão tomar, e todas elas são importantes para o gameplay.

Uma das coisas que todos que conhecem os RPGs japoneses tem que concordar é que em sua grande maioria eles são belíssimos graficamente, e em Ni no Kuni 2 isso não muda. Temos um jogo belíssimo, uma direção de arte maravilhosa com animações extremamente bem-feitas, onde temos do menor ao maior detalhe dentro do jogo bem feito, porém infelizmente esse jogo não foi desenhado pelo o tão aclamado Studio Ghibli, estúdio japoneses aclamado por fazer diversas animações aclamadas pela crítica e pelo público. Mas como nem tudo são flores na vida, Ni No Kuni 2 também tem seus problemas nos quantos mais remotos do reino, onde algumas vezes as animações acabam bugando ou tendo alguns problemas para renderizamento.

A trilha sonora também é outro ponto forte, com todas suas músicas sendo instrumentais, com uma grande pegada medicável, marcam o estilo do jogo e dão a cara que o universo de Ni No Kuni merece. Confira a trilha sonora na integra logo abaixo:

A história é sim o ponto forte dentro do game. Muito se enganaram achanado que como Ni No Kuni 2 se trata de um jogo de animação com animais e personagens fofinhos, o jogo seria mais infantil e com uma história “bobinha”, mas na verdade todos eles estavam enganados, NNK2 é um jogo com uma história pesada, com várias mensagens ocultas que rementem a nós (o mundo real), coisas que talvez uma criança não seja capaz de entender. Mas de qualquer forma a história é muito boa e atrativa, mas como disse lá em cima, o seu desenvolvimento é bem lento, fazendo assim com que muitos percam quase que totalmente o interesse pela história e só querem partir para o combate, fazendo assim com que realmente poucas pessoas possam ver como esse jogo é uma obra de arte. Um roteiro bem construído acaba criando ótimos personagens, com histórias únicas e personagens carismáticos.

Um dos grandes problemas do jogo é que temos uma grande massa de diálogos que são de total importância para o jogo, mas o jogo só está disponível com dublagens e legendas em inglês e japonês, fazendo assim com que os jogadores que não dominam totalmente nenhum dos idiomas não consiga acompanhar a história. E isso é um grande problema, pois estamos em 2018 e ainda hoje temos jogos que são comercializados oficialmente no Brasil, mas sem nenhuma adaptação para o nosso amado idioma.

Confira o trailer logo abaixo:

 

Ni no Kuni II: Revenant Kingdom já está disponivel para Playstation 4 e Pc

O jogo foi cedido gentilmente pela Bandai para ser feito a análise no PS4

80% Muito Bom
  • Jogabilidade 80 %
  • Gráficos 90 %
  • História 85 %
  • Trilha Sonora 80 %
  • Enredo 70 %

Compartilhe.

Sobre o Autor

Amante cinematográfico, adorador de música, games e viciado em Star Wars, um amor que nunca será entendido. Em seu tempo livre gosta de comer, ler e ficar procurando um jeito de viajar para uma galáxia muito distante.